COMO SE ‘CAÇA’ UM BURLÃO ?

Depois do MBWAY os burlões arranjaram uma nova forma simples mas impiedosa de atacar. Tanto nas redes sociais como nos sites de compra/venda estes burlões tentam sempre enganar aqueles que se propõem a vender algo através de um esquema que aparentemente aparente seguro mas que no fundo são esquemas para roubar dinheiro às vítimas.

A primeira coisa que o burlão faz é ganhar a confiança da vítima para depois o enganar. Decidi testar o sistema e criar um negócio real e legítimo. Logo passados cinco minutos de eu ter colocado um computador portátil à venda recebo uma mensagem no meu WhatsApp de um potencial interessado que supostamente se chamava “Mariana Ribeiro” e que alegadamente vivia em Rua Pascoal Melo 64 r/c em Lisboa. Mas é tudo mentira, o burlão estava na Carcóvia (Ucrânia) e usava uma VPN … Não suficiente longe nem seguro para “escapar” de mim !

O burlão diz ainda que os CTT possuem um serviço que faz a recolha da mercadoria e paga ao vendedor. Claro está que os CTT são uma empresa de confiança dos Portugueses. Para tal o burlão falsificou um “falso site dos CTT” em tudo igual ao site verdadeiro dos CTT. Nesse site falsificado os “CTT” (burlão) pede os dados ao vendedor para lhe acreditar o dinheiro, tudo em nome e com a imagem dos CTT exceto o detalhe do endereço do domínio. Qualquer português médio jurava estar no site dos CTT e a lidar com os CTT.

Quando a vítima pensa que está a fornecer aos seus dados aos CTT, para receber dos CTT que é uma empresa credível, está em boa verdade abrir as portas da sua conta bancária aos burlões !!!

Usei ferramentas especializadas que me permitiram ter muita informação sobre este burlão … Razão para dizer que bateu na porta errada !!! Azar !!!

Há uma coisa que este tipo de burlões nunca faz; é dar a cara ! Pelo seguro deve-se fazer sempre um negócio “face-to-face” e com meios de pagamento tradicionais, seguros e que o vendedor se sinta confortável em controlar por si mesmo.

Em televisão tem que ser tudo dito muito rápido, mas a investigação a este burlão foi muito mais além com recurso a meios tão “impiedosos” e proporcionais quanto a sua malvadez. Sei quem é, onde estava e de quem se trata.

Depois de uma “perícia” ao servidor usado para o “esquema” recolhi provas técnicas que evidenciam que esse mesmo servidor foi também usado para esquemas semelhantes com falsificação das marcas UBER e BLÁBLÁCAR.

No final, quando o burlão foi desmascarado, acabo “ameaçado” com um tal “cartel do Porto” … Deixo aqui a denúncia deste novo “esquema de burla” no Programa Linha Aberta de Hernâni Carvalho a partir do minuto 37.

2021-07-15: LINHA ABERTA COM HERNÂNI CARVALHO
play-sharp-fill

2021-07-15: LINHA ABERTA COM HERNÂNI CARVALHO

Hide picture